Postagens

Mostrando postagens de 2008

Natal

Imagem
Qual é a lógica do sistema?
Um conto natalino

Saia fumaça pela chaminé enferrujada que jazia naquele telhado comum entre aquelas casas. A chaminé sim era algo incomum sendo da vizinhança a única. Havia caído em desuso, ainda mais quando a tecnologia tomava conta e se alastrava como uma peste incontrolável, que desta vez ao invés de quererem freá-la todos queriam e procuravam dissemina-la. Não entremos nas particularidades e conseqüências trazidas pela tecnologia. Isso talvez não nos compita neste momento, afinal, a família Silva e Silva tradicionalmente preparava sua ceia natalina no entardecer do dia 24 de dezembro. Ou parte dela.

Compreenda de princípio que nem todos os sistemas são perfeitos.

A família Silva e Silva era uma família que caracterizam hoje como família comum, embora não goste deste termo, usemo-lo para que a história desenrole-se normalmente. O pai, homem esforçado, preparava o tempero para a carne que esperava inerte dentro da gamela sem retirar a atenção da torta de maç…

Diálogos Compartilhados

Estimados leitores do 'Diálogo Vivo', o artigo que segue foi-nos compartilhado pelo colega José Macedo, de Portugal, para especial publicação neste blog! Vale a pena ler!!

Natal, um tempo de esperança

Aproxima-se a época de Natal, cuja cultura é de uma beleza e de uma ternura que não tem paralelo no calendario social do ano. É certo que a vida pessoal e social é feita de muitas facetas, de tantas que nem lhe sabemos a conta e todas elas importantes. mas nehuma é tão intima e tão bela como a ternura da época do Natal. Para além da beleza dessa ternura e dessa intimidade, que tornam o Natal humanamente irresistivel ao coração humano. Há ainda um outro aspecto muito importante que faz parte dessa cultura de Natal, a esperança, que nos faz sair para alem dos horizontes de nós mesmos. O Natal é também um tempo de esperança que nos torna mais otimistas.

Não sei esta esperança existencial é apenas fruto da inculturação religiosa ou se um traço comum e estruturante de todas as cultura…

Literatura

Imagem
Nós percebemos quem são aqueles que cruzam Nossos Caminhos?
Em tempos passados, uma desafortunada mulher da à luz filhos gêmeos. Cada um, a partir daquele momento, foi obrigado a trilhar caminhos diferentes, rumo a futuros totalmente distintos.
Porém um dia, entre atos e fatos, sangue e álcool, vida e morte, eles terão um encontro. E esse encontro mudará a vida dos dois. Um dia eles foram separados. Seria agora o encontro para a fraterna união?

Uma mulher heróica, sem piedade e infeliz.
Um homem exemplar, com a família dos sonhos.

Duas histórias, duas vidas. Diversas diferenças. Incontáveis semelhanças.
Principalmente aquelas pessoas especiais que sempre estão em nossos caminhos.
Não perca essa história intrigante onde você poderá reconhecer na sua vida o que sempre passou oculto perante seus olhos.

Caritas Christi Urget Nos

O amor que move

“Se Deus nos amou, também nós devemos amar-nos uns aos outros”
(1Jo 4, 11)

Se o mundo fosse sustentado por colunas, creio que a mais forte destas colunas seria a caridade. Ela mantém de pé o grande Templo de Deus através dos tempos. Entretanto nossos corações precisam ser realmente tocados para que percebamos a grandeza e a importância que ela tem em nossa vida.

Caridade vem do grego caris, que quer dizer grátis ou gratuidade. Eis o primeiro motivo para que nossas atenções se voltem para ela, se voltem para sua expressão amorosa, de onde é banido todo cálculo, toda espera de recompensa; caridade é a ausência total de razões, é o amor puro, é o amor que move.

E a caridade cristã exige ainda mais de nós. Deus é amor (cf. 1Jo 4, 16), amor que quer o bem, e se somos chamados a sermos perfeitos como o Pai é perfeito (cf. Mt 5, 48) também devemos ser expressões vivas deste amor vivo. Deus se dá, dá a si mesmo ao homem, e nós devemos nos doar totalmente ao irmão sem esperar nada e…

Um sete como outros setes...

Verde e amarelo – Um futuro pela frente

O que seria - segundo os parâmetros de uma sociedade marcada por convenções - mais aceitável neste momento em que passadas as comemorações da Semana da Pátria era escrever algo inflamado de patriotismo. Nada mais cabível que dissertar sobre o orgulho de ser brasileiro, ou então, exaltar as belezas naturais de nossa terra. Mas todo esse repertório seria muito repetitivo, uma vez que considerável número de notáveis já o fez, por exemplo, o maranhense Gonçalves Dias (não que eu queira igualar-me com os grandes) e Bilac com sua rigidez literária também o realizou. E tantos outros seguiram a mesma trilha. Não que estejam errados – como não estavam - mas é necessário mudarmos de personagens e até mesmo, se nossa ousadia for tal, permutarmos os cenários.
Lembram-se da épica narrativa da Independência (como não esquecer)? Dom Pedro, em seu esbelto eqüino branco, junto com companheiros sedentos por liberdade, grita, brada com a nobre espada apontando ao c…

COOPERATORES VERITATIS

COOPERATORES VERITATIS“A minha fé mais profunda é a fé de que nós podemos mudar o mundo pela verdade e pelo amor”. Gandhi
Algum tempo depois de Sua Santidade Bento XVI ser eleito papa, foi divulgado juntamente com o seu brasão o seu lema papal: “Cooperatores Veritatis”, que podemos traduzir do latim: Cooperador da Verdade.E logo me tomou a atenção, pois, sem dúvida, este lema deve ser levado consigo por todos os cristãos, e além disso, deve ser posto em prática, uma vez que no próprio Cristo a verdade de Deus se manifestou plenamente. “Cheio de graça e verdade” [1], ele é a “luz do mundo” [2], é a própria Verdade: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”.[3]“Deus é a própria verdade, suas palavras não podem enganar. É por isso que podemos entregar-nos com toda confiança à verdade e a fidelidade da sua palavra em todas as coisas. O começo do pecado e da queda do homem foi uma mentira do tentador que induziu a duvidar da palavra de Deus, da sua benevolência e fidelidade”[4]. Uma vez que De…

SER PALOTINO

Imagem
Deus quer que todas as almas, ainda enquanto estejam na terra, tenham em si um reino, isto é, o seu santo amor. Por isso disse nosso Senhor Jesus Cristo: ‘O Reino de Deus está em vós’ (Lc 17,21).”São Vicente Pallotti
Ser Palotino
Ser palotino é perceber antes de tudo, e além de perceber, vivenciar, ao longo da existência, o grande amor de Deus por nós.É dever do palotino deixar-se inundar pelo Amor de Deus, afinal, é oi amor de Deus que nos move e sempre há de nos mover, assim como moveu Vicente Pallotti. Mas além de perceber esse amor e deixar-se tomar pelo amor Divino, o palotino deve cada dia reacender essa chama que ilumina sua caminhada e sua realidade.Seja irmão, sacerdote ou leigo, ser palotino é olhar para Jesus e lembrar-se do mandamento do Amor: “Amai-vos uns aos outros, como eu vos amo” (Jo 14, 12).Ou seja, ser palotino é levar o amor adiante e não permitir que a chama do amor que já existe não se apague. AMOR: eis o primeiro fator, o primordial do ser palotino. De nada ad…

3 anos

Imagem
"Deus Pai, que nos revelastes vosso amor entregando vosso Filho amado pela remissão de nossos pecados, o mesmo Filho que é o verdadeiro Bom pastor, que conduz seu rebanho pelos caminhos da Luz, vos pedimos por vosso Servo o papa Bento XVI. Que ele seja um instrumento de vossa paz, que tenha sabedoria para conduzir o Vosso rebanho pelos caminhos da fé, da esperança e da caridade. Deus, neste aniversário de 3 anos de eleição pontificial, ilumine nosso Sumo Pontífice, o Vosso Vigário aqui na Terra, que ele continue defendendo as verdades que um dia Vós nos deixastes e que nenhum mal o abale. Por Cristo, Senhor nosso. Amém!"

Cartas que nunca foram - Parte I

Imagem
Algumas cartas que escrevi nunca sairam de minha escrivaninha. Os motivos são diversos, mas o que me importa é que nelas eu consegui exprimir minha mensagem ao Destinatário.
E estava revirando as mesmas cartas, já esquecidas, quando encontrei esta, endereçada a Fidel Castro, uma das mais recentes. Compartilho com todos vós, amigos leitores, e espero que a mensagem desta inexpressiva carta chega até vocês.

'Camarada' Fidel Castro,Há pouco estava pensando no mistério da vida. Incompreensível, não? Veja como as coisas são: o poder se esvai de nossas mãos, mesmo quando em nossa infinita ignorância pensamos que ele é inacabável. Na verdade ele não é inabalável; quer queira quer não, o poder é finito, assim como é esgotável a vida.Mas antes de tudo gostaria de agradecê-lo. Ora camarada, vossa excelência, se assim posso chamá-lo, sempre procurou uma lente para se deixar fotografar e uma câmera para se exibir, abraçando Che ou bradando Lênin, independente da situação, proferia belos e i…

Pastores

Imagem
Neste mês que se inicia, algumas datas devem ser recordadas com especial atenção, uma vez que marcaram a vida da Igreja Católica e de todos os fiéis.2 de abril de 2005: falecia o Papa João Paulo II. O polonês Karol Wojtyla depois de 27 anos de pontificado partira para a casa do Pai, deixando profundas marcas em todos os que por aqui ficaram. Modificou conceitos, mudou opiniões. Grande filósofo, falou do comunismo ao sindicalismo, da pobreza ao aborto; a tudo e a todos, ele dispensou uma profunda atenção, falando aos chefes de estado ou beijando crianças de pé no chão. Não foi a toa que ficou marcado com o título de ‘O Grande’. Não foi por acaso que em sua missa de exéquias todo o povo em um só coro bradava ‘Santo Súbito’. E neste mês lembramos os 3 anos de sua passagem para a vida eterna, não com tristeza, mas com a sensação de dever cumprido que o próprio Wojtyla quando em sua última frase disse: “Estou feliz, fiquem vocês também”.Depois de sua morte, iniciava um novo período na Igre…

Dever nosso

Imagem
"Que haja o quanto antes
um só rebanho e um só Pastor" (Jo 10, 16)


Não resta dúvida que o mundo contemporâneo padece de vários problemas, porém o mais admirável nessa história é que nem tudo é única e exclusivamente problema originado nessa contemporânea corrente de ideias. De tanto ser usado no dia-a-dia, falar do amor entre os homens ou então da perda de valores humanos, morais e éticos tornou-se um cliché, repetitivo e digno de de atualização.
Entretanto, não são de hoje esses problemas e também não são apenas atualmente que buscamos soluções. Neste contexto, veio-me a mente uma figura exemplar: São Vicente Pallotti.
Vicente Pallotti nasceu em Roma, no dia 21 de abril de 1795. Desde pequeno destacou-se pela piedade e pelo amor ao próximo. Já padre, despertou nele o crescente entusiasmo pela ação missionária, donde nasceram iniciativas concretas. Nasceu assim a União do Apostolado Católico, cuja finalidade era mobilizar todos os católicos para a conversão dos infiéis. E logo d…

Amor, eterno amor

E hoje eu vou Te seguir Nesse caminho sem parar A Ti vou me entregar E para sempre vou te amar . Sim, Tu és o Criador Que dispensou a nós o eterno amor E por toda a vida vou louvar Porque estás sempre a me guiar . Mesmo nas trevas me sorri E me sustenta com Sua mão Eu sei que sempre estás aqui No calor do meu coração . Amor, eterno amor Que estás sempre a nos a acolher Amor, eterno amor Que pelos filhos pode sofrer