Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

Caritas Christi Urget Nos

O amor que move

“Se Deus nos amou, também nós devemos amar-nos uns aos outros”
(1Jo 4, 11)

Se o mundo fosse sustentado por colunas, creio que a mais forte destas colunas seria a caridade. Ela mantém de pé o grande Templo de Deus através dos tempos. Entretanto nossos corações precisam ser realmente tocados para que percebamos a grandeza e a importância que ela tem em nossa vida.

Caridade vem do grego caris, que quer dizer grátis ou gratuidade. Eis o primeiro motivo para que nossas atenções se voltem para ela, se voltem para sua expressão amorosa, de onde é banido todo cálculo, toda espera de recompensa; caridade é a ausência total de razões, é o amor puro, é o amor que move.

E a caridade cristã exige ainda mais de nós. Deus é amor (cf. 1Jo 4, 16), amor que quer o bem, e se somos chamados a sermos perfeitos como o Pai é perfeito (cf. Mt 5, 48) também devemos ser expressões vivas deste amor vivo. Deus se dá, dá a si mesmo ao homem, e nós devemos nos doar totalmente ao irmão sem esperar nada e…