Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

No princípio...

Imagem
NASCE 2012
Se Toquinho com dois riscos tinha um guarda-chuva, com dois cliques hoje temos o mundo. E quanto mais temos posse do mundo como informação, menos possuímos a essência de cada coisa, menos compreendemos o valor de cada ser. Quanto mais avançamos no domínio global, mais recuamos na conquista interior. Quanto mais pensamos que somos bons, mais longe ficamos da Bondade. Quanto mais inteligentes imaginamos ser, mais ignorantes nos tornamos... E sob as sombras destas reflexões eclodiu meu 2012.Nasceu diante do anúncio do fim do mundo em dezembro. Ainda existe alguém de raciocínio mínimo que acredita ser 2012 o último ano de todos os tempos? Se a contagem do calendário dos Maias acaba nesta data, isso significa simplesmente que aquele povo se ocupou de outra coisa.
Este ano nasceu trazendo o cheiro de um bom livro. Bom, eu escrevi. Porque também no papel e tinta temos tantas agressões, pelo marketing, pela venda, pelo dinheiro. Inclusive, amigo leitor, não acharei ruim se imediatame…

Reflexão

Imagem
"Portanto, ou bem será a legitimação cristã – única possível – da vida e do sofrimento, do Homem e do próprio Deus, ou bem a revolta metafísica, a destruição absoluta no demoníaco, a queda cega no abismo, onde o não-ser, em um sofrimento assustador, tenta engendrar o ser e devora as malformadas sombras geradas e paridas por ele mesmo. Pois a alma humana, no momento em que perde a esperança em Deus, tende inevitavelmente ao caos [...]."Ivanov Viatcheslav, Dostoievski, tragédie, mythe, religion. p. 57.